segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

JESUS, O SENHOR DO TEMPO!






Este artigo é uma continuação dos temas das palestras do
25. Congresso Diálogo com o Universo 
que sempre acontece durante o Carnaval em Curitiba - no Hotel Lizon.
(No artigo O Corpo Fala, Grita, Chora... dou detalhes do evento e menciono que 
iria abordar mais palestras).
Este artigo vai abordar não somente o teor de duas palestras, mas de alguns livros
dos dois palestrantes e autores:
- o brasileiro Carlos Torres e seu livro O Grande Pulso,
- e o peruano Sixto Paz Wells e seu livro O Plano Cósmico.

Confesso que já não sei mais o que ouvi na palestra e o que li nos livros,
mas essencialmente vou abordar e copiar parte dos livros mencionados.
Aliás, o título deste artigo retirei do texto do livro de Sixto - na hora que  li a frase a achei genial para servir de título do artigo que pretendia escrever - este no caso.



Jesus disse:
Estarei convosco até o fim dos tempos...

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.
Alguns traduzem a ultima frase assim:
Eis que estarei convosco todos os dias, até o fim dos tempos!

Não é o fim do mundo e sim dos tempos! Embora ambos andem de mãos dadas!!!
E isso é uma frase que muda tudo e que Sixto explicou muito bem em seu livro O Plano Cósmico que achei traduzido via Google e isso me poupa de ter que eu mesma traduzir do espanhol, lembrando que não existem livros de Sixto traduzidos em português de forma oficial, o que acho tremendamente lastimável, pois se tem um autor e pesquisador sério no mundo dentro da área dele, é Sixto. Parece até um complô não termos livros traduzidos dele.

Aos insiders não preciso apresentar Sixto, mas aos leigos sim:
- Sixto é autor de vários livros sobre o tema Extraterrestres, fruto de contatos genuínos, assistidos pela imprensa em diversas ocasiões, livros nos quais aborda, entre mil outros temas, a antiga e atual ligação de certos grupos de Extraterrestres com o Planeta Terra, suas Humanidades, suas Influências e quais os  Extras e Intraterrestres que querem nosso bem e nos ajudam desde a aurora dos tempos - e também do por quê - e quais buscam nos prejudicar ou até destruir desde a aurora dos tempos. 
Ele é um dos raros autores que conseguiu criar uma Linha de Tempo da História do Planeta Terra e suas Humanidades e seus "autores e atores principais". Algo raro. Raríssimo.

No livro citado Sixto revela detalhes, inclusive do tema mais polêmico que permeia todas as religiões, ora criando culpas e medos, ora mais escondendo que revelando; trata-se da famosa queda, de Lúcifer, da Quarentena a que foi submetido o Planeta Terra, e o que tudo isso tem a ver com a misteriosa e pouco compreendida vida de Jesus e quem foi Cristo neste contexto Cósmico e principalmente qual foi seu papel chave quanto a "rasgar os véus" de cima até embaixo e assim libertar o Planeta de sua Quarentena e religar o Planeta ao Real Tempo do Universo.

Você leu direito a última frase? E entendeu?
Então, poucos, muito poucos autores falam deste detalhe - um dos raros foi o holandês Jan van Rijckenborgh que dizia que vivíamos em uma Ordem de Emergência, e que esta estava destinada a ser temporária - literalmente uma era de emergência!

Os hindus, usando seus termos, falam  que vivemos em um mundo ilusório e isso sempre foi interpretado como algo místico - que enfim aqui nada é permanente - de fato... mas a origem de tal conceito de que o Mundo é Maya, ilusão... vem sim, lá dos Maias... que se dizem descendentes de seres das estrelas... da constelação de Órion, da estrela de Maia...

E... pronto... agora estamos na trilha certa: os Maias não são praticamente chamados de Senhores do Tempo? O famoso calendário deles não tem uma curiosa pausa a partir do ano 2012? Lá não deveria ser o fim dos tempos? Sim, do tempo como nós o conhecemos. O fim do tempo desta Ordem de Emergência... Iríamos viver uma fase de Não-Tempo para então sermos religados ao Real Tempo do Universo!

Ficou curioso? Eu teria ficado. E se ficou pode ler o livro O PLANO CÓSMICO, por exemplo, pois ele vai explicar tudo isso e muito... mas muito mais mesmo! Gostaria de saber quem realmente foi Lúcifer, Satanael... digo Satanás... e outros mistérios que agora já podem ser explicados a luz da ciência moderna? Então... não perca tempo. Sim... pois o tempo está escoando... literalmente!!!

E o que Carlos Torres tem a ver com o tema eu iria me perguntar agora.
Tem a ver que no fim dos tempos - falam muitas tradições religiosas - vamos viver as 72 horas de escuridão ou os 3 dias. E cada um inventa o que seriam tais dias e no que eles implicam.

Eles implicam no fato que estamos cada vez mais próximos do Grande Pulso da Galáxia Central - do Grande Sol Central que chamam de Hunab-Ku - que emite seu pulso, qual um gigante Coração Cósmico, a cada 26 mil anos aprox.  E já adentramos neste período que os Maias - exímios astrônomos que eram - explicaram muito bem, inclusive o que isso causaria no mundo.

Carlos Torres vai explicar este Grande Pulso e de como estamos sendo alertados por seres nos quais o Pulso já passou!!! 

E vejam - mais abaixo - o que fala a respeito um dos maiores experts do Planeta, o Dr. Paul de la Violette, na entrevista ao Project Avalon, que muitos de vocês conhecem - Kerry e Bill entrevistam as pessoas mais informadas do Planeta - não sei se continuam ou se já foram barrados a estas alturas, mas as entrevistas já realizadas são suficientes para deixar qualquer um com os cabelos em pé, principalmente para os mal informados ou pior: para os desinformados, que acreditam em qualquer balela da net, mas não acreditam em material sério, em que muitos correm risco de vida para nos manter informados do que ocorre nos bastidores do mundo.

Sixto foi um dos pioneiros que tem sido muito bem informado, dentro do que é possível a um homem receber, bem como seu grupo, em tudo que se relaciona com a história, passado, presente e possível futuro da Humanidade.

Seu trabalho é um dos mais complexos e sérios, a ponto de Shirley Maclaine o ter convidado para um papo de mais de seis horas e ano passado foi convidado para falar nas Nações Unidas.

Carlos Torres é outro informante sério - basta ler o livro citado ou assistir a alguma de suas palestras para ver como ele e Sixto tem algo em comum: seriedade com simplicidade, que emanam deles!
Detalhe importante aos cristãos: ambos fundamentam parte de seu material na Bíblia. 

E quanto ao tal Pulso, ou Super Onda? O que ela tem a ver com Jesus ou Cristo?

Eu já publiquei muita coisa sobre este tema - desde 2010 no Scribd. Vou procurar... achei.
Olha, eu acharia muito importante, a quem o tema realmente interessar, ler o meu artigo - link segue abaixo - como complemento muito revelador sobre o tema do tempo e o que Jesus e o que Cristo tem a ver com isso, e quem realmente é Cristo! Você nunca se perguntou porque Jesus ora falava do Filho do Homem e ora do Filho de Deus ou Pai?
Já ouviu falar do Livro de Urântia? Lá ele explica que os Cristos-Micaéis são uma classe de Seres criados pelo Pai/Deus/Criador Absoluto, e que eles são os criadores e regentes de um Universo e que para tornarem-se Regentes Supremos eles precisam se outorgar 7 vezes em 7 planetas diferentes de seu Universo para ganhar sua Maestria Universal! Vejam vocês que nada é de graça, nem para seres desta categoria. E isso foi a causa de se confundir Jesus com Deus, com o único filho de Deus, com Cristo... Jesus foi um ser que foi preparado por eras para receber, até certa "altura " o Cristo Cósmico...  isso é uma história e tanto - para isso basta ler meu resumo no artigo abaixo ou ler detalhes no Livro de Urântia.


Afinal o que é este Tempo Alternativo?
Esta Ordem de Emergência?
Uma prova que sustenta a autenticidade dos contatos de Sixto, é o que os Seres de Ganimedes (que não são de lá, mas vivem lá), lhe revelaram sobre o Tempo Alternativo - creio que em primeira mão, ou seja: que nossa Terra, na verdade, foi preservada dentro de um Tempo Criado por seres de altíssima categoria, visto que no tempo Real do Universo ela foi destruída. E vocês vão rir agora... eu sei. Mas... esperem. Quando a nave Voyager - acho que foi a Voyager... (não acho a passagem no livro para confirmar o nome) passou por Ganimedes e acessou lá o Portal para o Tempo Real do Universo (coisa que os cientistas desconheciam, ou seja, que aquela região é um Portal para o Tempo Real do Universo), eles se espantaram de ver que ela - a nave -  não "mostrou o Planeta Terra" - era como se nosso Planeta não existisse!!! De fato... ele somente existe no Tempo Fictício!

Ou você acha que os filmes de ficção científica são fictícios?
Tá atrasado, hem? Precisa se informar melhor para saber que a maior parte do que é mostrado é fruto de algo real fora da Terra ou que já está sendo usado na Terra, pois, como disse certa vez um informante ao pessoal do Projetc Avalon, a tecnologia usada em níveis populares no Planeta está atrasada em quase 10 mil anos daquela é usada secretamente, onde viagens no tempo, viagens acima da luz, portais estelares, são quase que rotineiros!!! 

Então... acredita agora que você não está só desinformado, mas mal informado sobre seu Planeta, sua História e principalmente: sobre a razão Real de sua Vida neste Planeta?
E acredite... é quase tarde demais para descobrir e ainda fazer algo que valha a pena de ter tido a chance de viver neste planeta louco... mas precioso... para todo o Universo! A ponto de raças extraterrestres nos quererem destruir... aliás... Sixto vai citar, mas vou aproveitar e citar também uma frase bíblica que endossa o acima, ou seja: que existe desde a aurora dos tempos uma "briga cósmica" pelo Planeta! Veja que o texto diz "hostes espirituais da maldade"!!! Ora... por espirituais ele quer dizer que não são físicos inclusive! Não sabemos o termo exato no original e se ele foi traduzido corretamente, pois ainda que a Bíblia usada teve como base a tradução do grande erudito Erasmus de Rotterdam, ele não tinha noção de coisas que temos somente hoje, e, sendo assim, muitos termos de longe realmente refletem o que se queria de fato dizer, pois tais termos só entenderíamos HOJE - com o advento da Era Espacial.

Efésios 6:10-12 declara: “No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.


Aliás, se vocês acham que o número 144 mil aparece somente na Bíblia relacionado ao final dos tempos, saibam que os Hopis falam a respeito e sobre a Luz Azul que vai ser o sinal - e também os Aztecas se bem me lembro. E, vejam vocês, que esta super onda emana uma espécie de luz azulada, embora a foto do telescópio Fermi acima mostre uma luz violeta. E falando na imagem, vamos retormar o tema com a entrevista de Bill e Kerry do Project Avalon com Dr. Paul de la Violette: 

Dr. Paul de la Violette fala sobre a Superonda


KC: Bom, voltando a sua teoria do que você chama de superonda, vês alguma evidência de que nós estamos no meio de uma agora? Ou muitas delas, é isso que estás dizendo?
PLV: Não, elas não chegaram. Nós estamos no olho do furacão, no período ensolarado de calmaria que precede a chegada de tempestades. O fato é que não se pode vê-las chegando porque viajam a velocidade da luz, é um fenômeno totalmente sem aviso, assim como uma explosão de raios gama. Eles somente o identificam quando seus detectores registram os picos, e passam a ter capacidade de localizar sua origem. 
KC: Bem, se isso está vindo para nosso sistema solar, outros planetas não seriam afetados antes de nós?
PLV: Sim, isso afeta todos os planetas e todas as estrelas. 
KC: Então, de certa forma, poderíamos ver isso vindo se víssemos seus efeitos em outros planetas antes de atingir a Terra. Correto? 
PLV: Bem, a luz gerada a partir dos efeitos causados em outros planetas também viaja na velocidade da luz, o que a deixa atrás do evento real.
BR: Sim, entendo muito bem que isso é algo que não se pode ver acontecendo por causa da natureza da limitada velocidade da luz, é algo que viaja além da velocidade da luz. Basicamente, chega e te atinge por trás, como se fosse, sem aviso. 
PLV: Sim. Existiria uma única forma de vermos isso e sermos avisados. Se, vamos dizer, hipoteticamente, que existe outras civilizações na galáxia, formas de vida inteligentes que reconhecessem a importância em saber quando esses eventos estivessem vindo e criassem postos avançados capazes de enviar sinais superluminosos - em outras palavras, os sinais teriam que viajar mais rápido do que a velocidade da luz - para serem capazes de chegar até nós e nos alertar que seríamos os próximos a sofrer o impacto da onda. Isso é possível.  
BR: Sim.
KC: Ok, bem, nós temos uma testemunha, que chamamos de Jake Simpson, que falou que "eles" enviaram uma nave que viaja além da velocidade da luz (superluminal) para fora de nosso sistema solar e viram uma onda se aproximando. Ele chamou isso de onda. Não estamos certos se ele realmente quiz dizer "onda", mas em essência, eles viram algo se dirigindo para nós.
PLV: Quem são "eles"? 
KC: Pessoas para quem ele trabalha em Projetos Negros, basicamente. Este é Jake Simpson. Esse foi um dos motivos que fez com que tivéssemos interesse em ouvir sua teoria, que de muitas formas coincide com o que ele disse, com o que eles viram. 
PLV: E quão perto está isso? Ele disse?
KC: Nesse período de anos, entre agora e 2017.
PLV: Hum-hum.
BR: Sim, isso é bem interessante. Foi uma conversa pessoal que tive com ele em outubro passado, quando nos encontramos. Ele não é físico, mas é um homem inteligente. Trabalhou internamente em Projetos Negros e está nos dizendo coisas no limite das possibilidades dele.
O que ele disse é que há uma onda a caminho. Ele ressaltou que "onda" era apenas um termo; uma metáfora. Ele disse para pensarmos nisso como uma "onda". Ele disse dessa forma. E não tenho idéia se ele está familiarizado com sua teoria.
PLV: Bem, esse é o problema com Projetos Negros. Eles estão completamente isolados do resto do mundo, descobrindo coisas como se fossem os primeiros, enquanto nós outros que podemos também estar trabalhando duro no mesmo assunto somos mantidos fora desse círculo.
Quem perde é toda a raça humana, basicamente. Porque eu estava aqui. Estive trabalhando nas superondas desde 1979, por 30 anos, e ficaria feliz em trabalhar com eles. Acredito que teria algo a contribuir se eles tivessem realmente esse tipo de informação.
KC: É realmente possível que estejam seguindo seu trabalho? Se beneficiando disso?
PLV: Ah, estou certo de que compraram meu livro e ele circulou entre os cientistas do Projeto Negro.

E agora vamos ver o que Sixto fala sobre o tema no livro O PLANO CÓSMICO 
(que eu baixei em PDF e dei uma melhorada para poder imprimir, mas não revisei o Português, para não invadir o trabalho do tradutor, que parece ser o mesmo que traduziu outros dele, por conta, apenas para facilitar a leitura para muitos brasileiros que não leem espanhol). Mas antes de ver o que Sixto fala...

... vejam vocês que os Seres com os quais Carlos Torres contata (de Sírios - ou que o contataram), justo vem nos avisar de como foi a passagem de tal "mega onda", e como eles viajam por portais de tempo, podem nos alcançar e avisar antes da onda chegar com tudo aqui no Planeta Terra.
... e, além disso, eu já publiquei um link em outros artigos em que abordei o tema, onde está claro que os Astrônomos já identificaram as consequências da tal onda em outras Planetas do nossos Sistema - na ocasião eles não sabiam o que causou tais distúrbios, mas hoje até eu sei... vejam como a Informação viaja além da velocidade da luz... e só está desinformado quem está apenas voltado ao chão, a matéria e esquece de se voltar para os Sinais do Tempo!!! Vou ver se acho o link... achei um link similar que fala por si:

http://contraanovaordemmudial.blogspot.com.br/2015/06/algo-esta-afetando-todo-o-nosso-sistema.html


O Raio Sincronizador

Os maias nos dizem que desde o centro da Galáxia (Hunab Ku), cada 5.125 anos surge um “raio sincronizador”, que sincroniza o nosso Sol e a todos os planetas com uma poderosa emanação de energia. Na rotação completa do Sistema Solar na Galáxia, eles faziam uma divisão desta elipse em dois, com uma fração cada uma de 12.812 anos, chamando a fração mais próxima ao centro da Galáxia de Dia, e a parte mais longe de Hunab Ku de Noite, tal qual se divide em dia e noite na Terra. Por sua vez, esta elipse era partida em cinco períodos de 5.125 anos, os quais eram: Manhã, Meio-Dia, Tarde, Entardecer e Noite. Segundo os maias justamente em nosso novo milênio estaremos ingressando na manhã galáctica, e é marcada pelo raio sincronizador desde Hunab Ku.

Bem, agora no ano 1997, a NASA descobriu que desde o centro da Galáxia começou a emitir enormes quantidades de energia...Será a energia do Sol Manásico que falavam os Guias, e que pode ser canalizada pelos Cristais de Césio? Os maias nos dizem que o período intermediário ao transferência dura 20 anos, e eles o chamam “O Tempo do Não-Tempo”, onde ocorrem grandes mudanças. E é aí quando devemos ser capazes de transformar-nos. Esta transformação implica algo tão profundo como a escolha de evoluir. Energeticamente, conscientemente, completamente.

Os dados científicos recopilados nestes anos respaldam isto. Vejamos alguns:

1. Em setembro de 1994 todas as linhas magnéticas terrestres sofreram distúrbios, diminuindo e movendo-se, o qual ocasionou o encalhamento de muitas baleias, pássaros sem migração se perderam. Inclusive nos aeroportos tiveram que reimprimir mapas e os aviões tiveram que aterrissar manualmente.

2. Em 1996, Soho, o satélite enviado para estudar o Sol, descobriu que nossa estrela já não tinha pólo norte e pólo sul, tinha se convertido em um só campo magnético, as polaridades se homogeneizaram. No mesmo ano se produziu um “bamboleio” magnético, que nosso Pólo em apenas um dia se moveu 17º de sua posição, comportando-se erraticamente.

3. Em 1997 ocorreram grandes tormentas magnéticas provenientes do Sol, que inclusive destruíram satélites que orbitavam a Terra. Mas isto foi pouco, segundo medições comparadas, a Terra vem acelerando e vem perdendo parte grande de sua energia magnética, já que em 1996, tínhamos 4 Graus, e em 1999 havia diminuído a 1,5 Graus. A aceleração da freqüência vibratória terrestre demonstra que em 1997 a freqüência era de 7,8 Hz, enquanto que em 1999 se elevou a 11,5 Hz.

A data chave deste processo ou o inicio do mesmo é o ano 2012, quando termina o “Tempo do Novo Tempo”. Curioso é talvez mencionar que segundo os estudos matemáticos de Paracelso sobre o chamado “Final do Tempo”, o que na realidade, esta época marcada por finais e princípios ronda exatamente os anos 2012 a 2017. Isto quer dizer, como bem nos ensinaram os Guias, que estamos vivendo um momento extraordinário, onde os tempos têm que se re-conectar, como fez Jesus.

A Civilização Maia recebeu estas chaves e daí o legado dos mensageiros celestes, que curiosamente tinham vindo da estrala “Maia” das Plêiades para ensinar-lhes precisamente que vivíamos em um mundo com um tempo ilusório. Não é casualidade que no oriente se chama “Maia” ao mundo da ilusão e do qual a humanidade deve despertar

Conclusão filosófica (que postei no Face)

Mundo de Maya, Ilusão, Ordem de Emergência, Realidade Alternativa, Mundo de Sonho, Tempo Artificial!!! Todos termos similares que significam o mesmo.
Constatar que nosso mundo é um mundo ilusório, temporal, não significa perder a graça de viver, deixar de perseguir seus objetivos, mas SEM APEGO! E isso não é easy!!! Pois o ego se apega naturalmente... obvia-mente, via mente!!! Que mente!!!
Os Despertos, Libertos, Iluminados, Salvos... são os que já se reconectaram com o Real Tempo, com o Real Ser... Robert Adams (de NY) foi um destes! (Aliás, me inspirei a escrever este texto em função de um vídeo sobre Satsangs de R. Adams que um amigo do Facebook de Portugal publicou; trata-se de um americano que se iluminou espontaneamente em plena aula de matemática nos anos 40 e do qual tenho livros em alemão desde 2004, quando descobri que seu mestre tutor foi Ramana Maharshi, a quem me sinto muito ligada e sobre o qual já postei aqui no Blog).

Buddha foi um destes. Krishna foi um destes. Ramana foi um destes. Nisargadata foi um destes. Etc....... Só que cada um dentro de seu grau de maturidade espiritual. Jesus foi um destes que não só se reconectou... mas reconectou o Planeta ao Real Tempo... por isso meu artigo já tem nome: JESUS, O SENHOR DO TEMPO! (No post do face eu avisei que tinha escrito um artigo sobre o tema e queria publicar no blog).

Link do qual baixei os livros de Sixto, inclusive O PLANO CÓSMICO.

http://filosofiaimortal.blogspot.com.br/2011/12/livros-sixto-paz-wells.html

Não resisto de copiar alguns trechos do livro de Sixto
O LIVRO DOS GUARDIÕES E VIGILANTES:

Sobre o Futuro:
Segundo os extraterrestres, como o futuro é lei de causa e efeito, este se projeta diante de nós como conseqüência de nossos atos passados e presentes, por isso as profecias são uma advertência e uma oportunidade frente ao que poderia chegar a ocorrer se não fizermos nada para evitar ou corrigir. A partir desta perspectiva, se pode modificar o futuro; porém, para isso tem que crer, porque crer é criar.
Para mudar o futuro tem que gerar novas causas que tragam consigo novos efeitos que substituam os anteriores, qualquer modificação, por mínima que seja, trará consigo um futuro diferente. Porque se o futuro como a vida mesma não pudesse ser modificado, onde estaria o mais sagrado que o homem tem recebido do Criador, que é seu livre arbítrio? Por isso tem que trabalhar comprometidamente para reverter as profecias negativas, e fazer que só se cumpram as positivas. O que pude contemplar naquela espécie de televisores foi que a tensão mundial ia crescer ainda mais devido às guerras internacionais e civis, produzindo-se tal estado mental alterado e negativo no coletivo da humanidade, que tudo isso poderia atrair como um imã uma catástrofe natural de grandes proporções. E sendo o universo dinâmico, estariam aproximando-se perigosamente de nosso mundo alguns asteróides e cometas, que poderiam chocar contra nosso mundo ou passar tão perto dele, que o afetariam gravitacionalmente, incrementando a atividade sísmica e vulcânica.
O que vi foi terrível, porém a todo o momento Oxalc me esclareceu que aquelas imagens eram possibilidades que deviam ser revertidas, conscientizando a humanidade da necessidade de se criar um estado mental coletivo positivo.
Quando voltei de Morlen através da luz do Xendra, para mim havia transcorrido vários dias embora não tinha como verificar aquilo, porque naquela remota lua do planeta Júpiter não há contraste entre dia e noite; porém quando saí, apareci novamente no deserto de Chilca, ainda era noite e estavam recém-chegando ao lugar meus companheiros.
Confrontando os relógios havia se passado escassos quinze minutos desde que me ausentara. Ao perguntar-me eles o que era essa intensa luz detrás de mim e onde havia estado todo esse tempo, preferi não dar-lhes maiores detalhes, porque nem eu mesmo cria no que havia vivido. Duas semanas depois se repetiu a experiência, e dessa vez entramos as sete pessoas em um novo Xendra tendo todos maravilhosas vivências.  Nos dias e semanas seguintes, muitas outras pessoas o experimentaram de forma individual e coletiva, reproduzindo-se algumas vezes as condições para as transferências dimensionais ao longo destes anos.

[...] Outro trecho falando dos contatos e a presença da imprensa:
Em março de 1989, quando um meteorito de quase um quilômetro de diâmetro passou raspando o planeta Terra, foi convocada a imprensa internacional para um novo encontro programado no deserto de Chilca. Era a quinta vez que se convidava jornalistas ao longo de quinze anos de experiências. Naquela ocasião — produto da seriedade e credibilidade alcançada com os anos —, vieram quarenta jornalistas de oito países; e, tal como anunciavam as mensagens recebidas com trinta e três dias de antecipação, a nave apareceu no céu a baixa altitude e foi fotografada e filmada pelos jornalistas, demonstrando que o contato segue sendo real e que está vigente. Entre os jornalistas presentes a esse importante encontro mundial se encontrava Gilda Miroz da Radio Hit de Nova York; Leticia Callava do Canal 51 Telemundo de Miami; José Gray do Canal 23 Univisión, também de Miami; Beatriz Parga do jornal Miami Herald; Hugo Chávez da Colorvisión da República Dominicana; Rolando Veraz do Canal 2 de televisão de Buenos Aires, Argentina; Joan Vasseda da Radio El Vendrell da Catalunha, Espanha; Pablo de Madalengoitea de América Televisión de Lima; Edilberto Alvarado do diário Expreso de Lima etc.

Trechos de um dos primeiros contatos com um dos Seres, Oxalc:
Ao longo da recepção nos permitimos ir fazendo perguntas que nos ajudaram a aprofundar os temas que nos foram propondo. O resultado final desta e outras recepções similares, é esta grande mensagem ou revelação sobre um tema tão importante como é “O Plano Cósmico”, e que nos leva a vislumbrar o rol e a grande missão da humanidade.
As mensagens diziam:
— Sim, Oxalc, somos vossos irmãos guias do cosmos em contato de nossas naves que se encontram, umas orbitando vosso planeta e outras em bases submarinas e subterrâneas.
Quem são vocês realmente?
— Somos viajantes do tempo e do espaço... Pertencemos a diversas ordens hierárquicas.
— De onde procedem?
— De diversos pontos desta galáxia e de galáxias próximas, assim como de diferentes planos de consciência e diferentes dimensões.
Quantas civilizações distintas estão chegando a nosso mundo?
— Autorizadas e sem autorização somam umas sessenta.
— Todas vêm com boas intenções?
— O fato de que cheguem algumas sem permissão demonstra que há de tudo no espaço como o há na Terra. Porém é bom esclarecer, que não é tão fácil àqueles que não vêm com boas intenções poder atuar livremente em vosso mundo.
Neste momento está estabelecida uma quarentena planetária resguardando-os das arbitrariedades de alguns; ainda que nunca falte quem consiga burlar o controle existentes.
É o caso de haver guardiões e vigilantes?

— Existem nesta galáxia aqueles que são conhecidos como os Semeadores de Vida ou Engenheiros Genéticos, encarregados de ajudar a natureza espalhando vida inteligente pelos diversos rincões da galáxia; a seguir vêm os Guardiões e Vigilantes cujo trabalho se concentra no controle dos processos iniciados em planetas selecionados para a experimentação, ou para proteção e supervisão dos mundos em surgimento; e finalmente vêm os Instrutores, contingente a cargo do subministro de informação e conhecimento assim como da ajuda na ativação de mecanismos que contribuam com o despertar das consciências e das potencialidades internas da mente. Todos eles estão sob a coordenação e direção de um Conselho principal de Anciãos conhecido como o Conselho dos 24 Anciãos da Galáxia ou Conselho da Confederação de Mundos, que agrupa todos os mundos mais evoluídos da galáxia com capacidade de ajudar-se e dar ajuda a outros.
Não resisto de copiar mais este trecho ainda do mesmo livro onde Sixto pede a eles se acreditam em Deus! (o sublinhado no final é meu). Pois sei de antemão que muitos não vão nem conseguir baixar os livros e muito menos saber em qual deles vão encontrar respostas chaves para sentir que o material vale à pena (aliás, posso enviar via PDF os livros que baixei e formatei melhor para poder imprimir - basta me pedir via e-mail ou via mensagem via inbox do facebook).
Vocês crêem no mesmo Deus que nós? 
— A idéia de Deus que atualmente trabalham na Terra é a que os mensageiros do espaço lhes temos compartilhado. São vocês que crêem no Deus em que os iniciamos. Porém é importante que saibam que não é este um Deus extraterrestre que vive em outro planeta, senão que é aquela força incompreensível e incomensurável que abarca tudo e que está em tudo.
E então, de onde sai a visão de um Deus castigador?
— Tais distorsões procedem da confusão da origem com os intermediários, assim como da manipulação das consciências para impor novas diretivas por parte de todos os envolvidos, quer sejam terrestres quanto extraterrestres. Hoje podem compreendê-lo, porém certamente nada disto se justifica, ainda que na maioria dos casos fôra produto, naquele momento, de sinceros intentos de orientar para resultados positivos.
Buscando o quê?
— Buscando que a humanidade deste planeta chegasse logo a tomar consciência de sua função e a realizasse, em benefício de todos, incluindo daqueles que se encontram expectadores.
Voltando à idéia transmitida sobre o universo mental te direi que as três leis ou princípios que ali regem são: A lei da Vontade Consciente, a Lei da Sábia Criação e a Lei da Geração de Experiência. As duas primeiras poderiam definir-se como leis encaminhadas ao bom propósito e melhor resultado na evolução dos universos, e funcionam como ingredientes em um alimento que se prepara; e a terceira lei mais como os condimentos que lhe darão o especial sabor final.
No terceiro universo chamado também original, que é o espiritual, falamos de duas dimensões mais e mais duas leis, a da Unidade e a do Amor.
Todos podemos chegar a conectar com aqueles dois universos superiores e com as leis que os governam, pois através dos sete corpos mencionados anteriormente, se pode acessar tal experiência, só que dependerá de que, a cada vez haja em um só, uma maior consciência e compromisso.
Os primeiros três veículos do ser humano: o corpo físico denso material, o astral que é o corpo das emoções e dos desejos, e o terceiro que é o mental inferior chamado também caráter e personalidade, se conectam, através do plano da consciência material, com o universo material de sete dimensões.
Os três corpos seguintes são: o mental superior, veículo das potencialidades paranormais ou a própria quarta dimensão; a alma chamada também a “catedral do espírito” que é o registro das vidas anteriores; e o espírito que é a consciência. Estes três veículos se conectam através do plano mental com o universo mental de três dimensões.
E o sétimo veículo é a essência, que se pode dividir em: vontade, sabedoria e amor, nos conecta através do plano espiritual, com o universo espiritual de duas dimensões mais.
O universo material foi criado pelo universo mental, porque o mental se experimenta a si mesmo através do material, buscando com ele a fonte de tudo. Porque é através da ação material dirigida com consciência, que o mental pode chegar a vivenciar a essência espiritual.
Nesta última criação as primeiras civilizações que foram surgindo, agiram dirigidas pelos seres ultraterrestres, que marcaram a pauta da evolução procurando a consecução de um ideal mental que eles mesmos haviam proposto.
Estas civilizações alcançaram rapidamente níveis muito altos de evolução, passando assim da terceira à quarta, da quarta à quinta, e da quinta à sexta dimensão da consciência. Este avanço se produzia como conseqüência da colaboração que realizavam uns com outros, ajudando-se a progredir em uma larga cadeia de solidariedade.
Nós aqui na Terra em que nível nos encontramos?
— Vocês são seres de terceira dimensão de consciência em uma terceira dimensão física, ou seja “seres 3,3”. Porém há alguns seres humanos em vosso planeta que, por seu avanço atual ou por sua trajetória em existências passadas, se encontram em um nível 3,4 o que significa, que ainda que pertençam a uma dimensão de existência bastante densa, se movem alternativamente em um nível de consciência de quarta dimensão. Em outras palavras, vivenciam diversas manifestações conscientes ou inconscientes de suas faculdades psíquicas, podendo — se o propõem —, exercitar e chegar a dominar em certa medida sua percepção extrassensorial. Também há um ou outro indivíduo 3,5 e até 3,6, que como dissemos, vivem uns com consciência de vidas passadas ou atuam em conseqüência da maturidade alcançada nelas, e outros que se desenvolvem com uma consciência espiritual manifesta em atitudes de verdadeiro compromisso com os demais.
Voltando à história: chegou o momento em que algumas das civilizações conseguiram alcançar um elevado nível de evolução, isto é, uma sexta dimensão da consciência e de repente não puderam avançar mais, produzindo-se como que um estancamento geral, o qual era algo terrível, porquanto, bem sabem, que o universo material é dinâmico e um estancamento significaria uma crise grave, uma verdadeira contradição.  Isto levou a se produzir uma espécie de Concelho Cósmico entre os seres ultraterrestres, para deliberar sobre as causas e conseqüências de tal estancamento.
— Chegou um momento em que não podiam ser melhores do que eram? O que os impediu de chegarem à sétima?
— Certamente se chegou tão rápido a níveis tão altos que se perdeu a perspectiva. Sobretudo porque o padrão ou orientação procedia dos seres mentais, que valha a reiteração, são muito mentais, os quais não possuem a conexão vivencial com o universo espiritual (sua conexão com o espiritual é mental) e precisam aprender através da experimentação espiritual que possam alcançar os seres do universo material.
— Os ultraterrestres necessitam de nós! (Comentário do grupo.)
— Todos nos necessitamos mutuamente!... A ordem do universo nos ensina que tem-se que atuar com solidariedade e reciprocidade.
Neste processo ao qual fazíamos referência, havia-se conseguido conectar o universo material com o mental através do plano mental, despertando os veículos mental superior, alma e espírito, porém, não se havia chegado a conectar o material com o espiritual através do sétimo veículo, que é a essência. Por isso, as civilizações avançadas chegaram a ser mentalmente espirituais mas não espiritualmente espirituais.
— Isto nos recorda daquele dito em que “não há ninguém por mais sábio que seja, que não tenha algo que aprender e ninguém por mais humilde que seja, que não tenha o que ensinar”... No entanto, poderiam explicar-nos em que se havia falado realmente?

Um comentário:

  1. Boa noite,Helena!
    Como está você?

    Eu li e gostei do que voce escreveu no artigo JESUS, o senhor do tempo.

    Gostaria de lhe pedir que enviasse todo o material de SIXTO que voce tem, em especial, o que foi formatado por voce e tb o que foi traduzido por voce.

    Há muitos anos eu procuro por alguem para compatilhar minhas intuições sobre o que acontece quando a gente se lembra mais do futuro do que do passado.
    Agora encontrei alguem para compartilhar meu dom, encontrei VOCÊ!

    E conversando com a Angela, minha companheira, lhe disse assim:
    - encontrei alguem da minha família lá de cima, vou tricotar com ela, rsrs... e rimos juntos.

    Meu email é: aiao@terra.com.br ou efam@gmail.com.br
    Meu nome é Adriano, tenho 47 anos, pai de familia, eu venho do futuro, um futuro bem distante desse tempo de "faz de conta" que decidimos, eu, voce e outros... participar como se fossemos "aparentemente" apenas figurantes em vez de protagonistas decididos a abrir caminho para o Multiverso de onde vc, eu e outros de nossa sintonia... viemos!

    Se vc permitir, gostaria de conversar com voce por email, voce gostaria?

    Abraço fraterno,
    Adriano (Rangel Madalena)
    EFAM - estação farol aquariano Madalena

    ResponderExcluir

Agradecemos de antemão os que se derem ao trabalho de expor um comentário, pedimos apenas que sejam objetivos, seja na exposição, ou na formulação de dúvidas.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.